Feliz Todo Dia a Todas as Super Mamães Que Merecem Tuuuudo de bom!

Feliz Todo Dia a Todas as Super Mamães Que Merecem Tuuuudo de bom!

O dia em que minha mãe foi às lágrimas por causa de uma foto

Todo dia é dia das mães. Imagem: Pixabay

O dia das mães está quase chegando e eu quero compartilhar com você uma história pessoal e que lembro com muito carinho sempre. Eu não me recordo ao certo em que ano foi, mas, faz mais ou menos uns dez anos. Estava chegando o dia das mães e é aquela coisa… o que dar de presente para sua mãe? Ainda mais que a minha faz aniversário perto do dia das mães, ou seja, eu tinha acabado de dar um presente para ela.

Eu realmente estava sem ideias e preocupado com a aproximação da data. Ao longo da minha vida de mais de 30 e poucos anos àquela época, eu já tinha dado de tudo para minha mãe e a cada ano a gente sempre quer fazer algo diferente, uma surpresa incrível, mas, passam-se os dias e acabamos sempre no mesmo pacote: roupa, flores, perfume…

Bem, fui lá às compras e sem estar procurando, encontrei na vitrine de uma loja uma correntinha de ouro com pingente de Nossa Senhora de Aparecida (minha mãe é devota da Santa, com isso, pensei, é presente certeiro!). Mas, ainda sim, achei pouco e acrescentei um buquê de flores e um perfume. Então, eu tinha: a correntinha, flores e perfume, super ok!

No domingo do dia das mães acordei, me arrumei para ir almoçar com minha mãe e, de repente deu aquele estalo: O CARTÃO! MEU DEUS, EU ESQUECI DE COMPRAR UM CARTÃO DE DIA DAS MÃES! Aonde eu encontraria, no domingo, perto do horário do almoço, um cartão de dia das mães?

Entrei em pânico, sabe por quê? Porque minha mãe ama e coleciona todos os cartões que ganha de todo mundo ao longo da vida. Ela tem caixas em que guarda todos! De nada valeriam os presentes sem um cartão!

Pensei rápido e improvisei. Peguei no computador uma foto nossa, fiz algo muito correndo no computador com a foto porque eu já estava atrasado, coloquei as palavras mais bonitas que me vieram à mente naquele momento e imprimi na minha impressora de casa mesmo, uma jato de tinta (ainda bem que o cartucho de tinta colorida estava cheio!). E coloquei o “cartão caseiro”, dobrado, no meio das flores.

Lá fui eu, pensando que minha mãe ficaria tristinha por causa da falta de um cartão. O almoço seria na casa dela porque não queríamos enfrentar as longas filas e esperas dos restaurantes no dia das mães.

Cheguei um pouco depois do meu irmão e minha mãe estava esperando para abrir os presentes na frente de todos. Ela abriu primeiro o presente do meu irmão: uma bolsa e um sapato e um cartão que você abre e toca uma musiquinha. Pensei: Agora não deu pra mim, meu irmão descolou até um cartão musical.

Aí chegou a vez do meu presente, minha mãe amou a correntinha e já colocou no pescoço na hora, adorou também o perfume e as flores e quando abriu minha folha sulfite que tinha uma foto dela comigo e com meu irmão, ela ficou em silêncio, olhos estatelados na foto por alguns segundos, ficou um silêncio ao redor e, de repente, simplesmente minha mãe teve uma crise de choro, sabe aquele choro sentido mesmo?

E foi em meio às lágrimas dela e de todos nós, meu irmão, eu e meu pai, que ela disse: “Este foi o melhor presente de dia das mães que eu ganhei na minha vida”.

Sim, um papel sulfite com uma foto impressa em casa e umas palavras bonitas. Minha mãe explicou que aquele dia daquela foto foi muito importante para ela porque ela estava passando por um problema pessoal muito sério e ela lembrava perfeitamente daquele dia, em que meu irmão e eu chegamos na sala e nos jogamos no colo dela, já grandões, mal cabendo os três no sofá, e naquele momento parecia que o problema pelo qual ela estava passando tinha ido embora pela janela, tamanha era a alegria de ela ter ali, no colo, os dois filhos a abraçando.

Foi isso! Cada dia com nossa mãe constrói histórias para toda a vida. Da vida só ficam os bons momentos.

E que tal agora você contar a sua história com “mãe e foto”? Ou outra história qualquer com sua mãe no dia das mães? Conta pra gente nas nossas redes sociais, no Facebook ou no Instagram, usando a #souartera.

Seja Artera. Seja do seu jeito!

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho